Pages

terça-feira, 30 de março de 2010

Dono de estabelecimento que ficar com gorjeta pode ser preso

Donos de bares e restaurantes que se apropriarem de gorjetas cobradas na nota ou oferecidas pelos clientes poderão pegar até quatro anos de prisão, conforme projeto do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ). A matéria, que poderá ser votada na reunião de quarta-feira (31) da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), estabelece que as gorjetas são parte da remuneração dos garçons.


O projeto (PLS 471/09) tipifica como crime a apropriação, pelo empregador, da gorjeta concedida ao trabalhador pelo cliente, estando o infrator sujeito às penalidades previstas no artigo 168 do Código Penal: pena de um a quatro anos de reclusão e multa.


Em seu relatório favorável, o senador Pedro Simon (PMDB-RS) argumenta ser comum que essa apropriação indevida aconteça, especialmente em relação a garçons trabalhando em bares e restaurantes. Ele cita súmula do Tribunal Superior do Trabalho (TST), firmando entendimento de que as gorjetas cobradas pelo empregador na nota de serviço ou oferecidas espontaneamente pelos clientes integram a remuneração do empregado.


Após exame na CCJ, a matéria segue para votação na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), em decisão terminativa.

Se colocada em pratica essa lei, o q vai ter de donos de bares e de restaurantes presos num vai ser pouco não viiuuu... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk



Um otimo dia a todos que por aqui passar.

3 comentários:

Pedro Raffael disse...

Vlw...
Amei o post.
informção que é que vale apena postar
jovens flando Sobre assuntos de grande importacia !

Rha disse...

Concerteza...
Blog Lavando a Louça tbm é informação.

Stephanie Lima disse...

hahahaha... adorei!! Muita gnt presa por roubar garçon. Iuuu...

Postar um comentário